Você está em: Página Inicial » Clientes » Um Bradesco de Todos
Clientes

Empenhado em expandir sua base de clientes, o Bradesco tem como conceito-chave – incorporado à estratégia comercial desde o início de sua trajetória – ser um banco de “portas abertas” a todos os brasileiros, o que se traduz em incluir pessoas e negócios à rede bancária, mantendo uma presença destacada em cada uma das linhas de serviços e produtos financeiros que disponibiliza ao mercado. Assim, a Organização se consolida como “primeiro banco”, ou a primeira opção de quem procura pelos serviços bancários.

Geração de valor para os clientes 2006 2007
Pontos de atendimento 22.177 26.459
Aposentados e pensionistas INSS/mês 4,7 milhões 4,9 milhões
Benefícios INSS R$ 28,8 bilhões R$ 32,9 bilhões
Municípios como único banco 1,7 mil 1,7 mil
Cartões de débito e crédito (inclui Private Label) 57,9 milhões 70,5 milhões
Carteira de crédito R$ 96,2 bilhões R$ 131,3 bilhões
Remessas de brasileiros no exterior (via convênios) US$ 512 milhões US$ 617 milhões
Investimentos em infra-estrutura, informática e telecomunicações R$ 1,8 bilhão R$ 2,1 bilhões

Novas fronteiras

Na tomada de decisão para a abertura de novas agências bancárias, o Bradesco visa disponibilizar o máximo de acessibilidade e conforto aos clientes e potenciais clientes (usuários). Nesse processo, desenvolve uma avaliação detalhada do potencial de mercado e realiza mapeamentos por região, com base em informações sócio-geográficas, de modo a identificar novas oportunidades comerciais e as necessidades específicas de cada localidade. A estratégia tem como objetivo expandir os canais de atendimento e promover a inclusão bancária.

Para atender seu elevado número de clientes – mais de 18 milhões de correntistas – montamos uma rede de atendimento bancário que se tornou referência no Brasil. Em 2007 foram abertas mais 118 agências, totalizando 3.143, distribuídas por todo o território nacional, o que fez aumentar significativamente a capilaridade da nossa presença.

Presente em quase todos os 5.560 municípios brasileiros, os pontos de atendimento do Bradesco estão instalados, inclusive, em comunidades onde até pouco tempo a população não dispunha de nenhum tipo de acesso ao sistema bancário, ou em certas localidades nas quais a oferta desses serviços era insuficiente para fazer frente ao potencial de bancarização da comunidade.

A Cidade Tiradentes, bairro do extremo Leste da cidade de São Paulo, constitui um bom exemplo da presença do Bradesco em áreas populosas e carentes. Considerado o maior complexo habitacional popular da América Latina, com cerca de 40 mil moradias, a região conta com uma agência bancária, inaugurada em fevereiro de 2007.

Na comunidade da Rocinha, na Zona Sul do Rio de Janeiro, desde maio de 2007 também funciona a primeira agência do Bradesco numa das áreas mais carentes da cidade. Na maior favela do País, residem ou possuem alguma atividade comercial aproximadamente 130 mil pessoas.

São iniciativas que buscam democratizar o acesso ao crédito e incentivar o desenvolvimento local, auxiliando na geração de trabalho e renda para a população.

O Bradesco também está presente em outros países como Argentina, Japão e Estados Unidos, por meio de agência e subsidiárias, com o objetivo principal de oferecer produtos e serviços na área de comércio exterior e câmbio.

Em 2007, em Londres, Inglaterra, abrimos uma unidade da Bradesco Securities, corretora ligada ao Banco Bradesco BBI. A filial é especializada no chamado broker dealer, ou seja, se ocupará da distribuição de títulos de empresas brasileiras no exterior para investidores internacionais.

Além dessa estrutura, os clientes contam ainda com o “Fone Fácil” Bradesco – atendimento telefônico e com o Bradesco Internet Banking, A combinação desses canais integra o compromisso de ser um banco completo, sempre acessível, a qualquer hora e de qualquer lugar.

Onde tem Bradesco

Rede pulverizada

O Banco Postal e o Bradesco Expresso permitem que o Bradesco intensifique sua estratégia de inclusão bancária, uma vez que atendem milhões de brasileiros em todo o território nacional, sobretudo aqueles de baixa renda e de lugares distantes.

O Banco Postal está presente em mais de 5 mil municípios brasileiros, com 5.821 agências instaladas até 2007. Cerca de 1,7 mil delas foram implantadas em praças até então desassistidas por bancos, permitindo a abertura de mais de sete milhões de contas. O atendimento funciona dentro das agências dos Correios, possibilitando a realização de alguns serviços básicos, como abertura de conta corrente, pagamento de contas, transferências, saques, empréstimos e financiamentos, sem a necessidade de os usuários se deslocarem até os municípios vizinhos.

Por meio do Bradesco Expresso, outra parcela importante e numerosa da população é atendida pelos mesmos serviços bancários oferecidos em parcerias firmadas com supermercados, farmácias, magazines, lojas de departamentos e outros varejistas. São mais de 11,5 mil pontos espalhados pelo país que atendem 19,4 milhões de pessoas.

O Brasil e o Banco Postal Antes Depois
Municípios sem agências bancárias 2.351 456
População sem acesso a serviços bancários (*) 18,7 milhões 13,2 milhões
  1. (*) Segundo o IBGE, habitantes de cidades que não possuem agências bancárias.

Crédito popular

Para facilitar o acesso ao crédito, em especial os das classes D e E, que, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), representam atualmente 26% da população do País, o Bradesco tem mantido parcerias estratégicas, nos últimos anos, com diversas redes de lojas no varejo. Destaca-se a realizada com a popular Casas Bahia, cujo crescimento, nesta década, a transformou num exemplo mundial no comércio. Outros parceiros com atuação em diversas regiões do País são: Eletrozema, Grabriella, Grupo Ponte, Dudony, Facilar, Socic e Microsoft. Em 2007, o Bradesco destinou cerca de R$ 2 bilhões às operações de financiamentos dessas empresas.

Também no segmento de crédito popular, o Banco atua na emissão de cartões Private Label, por meio de acordos com redes de lojas que comercializam eletrodomésticos, gêneros alimentícios, vestuário, farmácia e cosméticos, destacando-se os cartões Casas Bahia, Comper, Carone, Dois Irmãos, G. Barbosa, Coop, LeaderCard, Esplanada, Luigi Bertolli, Panvel e Drogasil. Trata-se de uma forma de valorizar e fidelizar os clientes, pois viabiliza o acesso a produtos e serviços bancários e permite a realização de compras parceladas dentro e fora das lojas parceiras. No fechamento de 2007, a base desses cartões totalizou 9,7 milhões de unidades, equivalentes a um faturamento da ordem de R$ 4,1 bilhões.

Assim, o Bradesco contribui para o crescimento do volume de negócios dos parceiros, ancorado nas vendas a prazo – uma facilidade a mais, uma vez que grande parte dos clientes das redes não possui renda e emprego regulares. As parcerias comerciais permitem ainda maximizar a sinergia de atividades entre as empresas, possibilitando, sobretudo, democratizar o acesso ao crédito pelo público em geral.

Bradesco Seguros e Previdência

A Bradesco Seguros e Previdência, maior seguradora do Brasil, atua nos ramos de Automóveis, Ramos Elementares, Seguro Saúde, Capitalização, Seguros de Vida e Previdência Complementar. Com uma ampla estrutura de proteção, cobre todo o território nacional, por meio de Centrais de Atendimento Telefônico e Internet, além de contar com a rede de mais de 3 mil agências do Banco Bradesco.

Segurados, clientes e participantes (em milhares)
Atividade 2005 2006 2007
Segurados 13.034 14.164 19.802
Saúde 2.540 2.620 2.858
Auto/RCF 1.222 1.281 1.167
Ramos Elementares 896 959 907
Vida 8.376 9.304 14.870
Participantes 1.695 1.798 1.901
Previdência 1.236 1.267 1.321
VGBL 459 531 580
Clientes 2.464 2.311 2.289
Capitalização 2.464 2.311 2.289
Total 17.193 18.273 23.992

Ir para a página de 44